segunda-feira, 17 de julho de 2017

Nossa Senhora Rosa Mística

 13 de julho.

“Maria foi Rosa Branca pela virgindade e vermelha pela caridade;branca na carne, vermelha na mente;branca na busca da virtude, vermelha na rejeição dos vícios;branca pela pureza dos sentimentos, vermelha pela mortificação do seu corpo;branca em sua caridade para com DEUS, vermelha na compaixão para com o próximo”(São Bernardo).


Impossível é, quem não se encante com a beleza de uma rosa ou que não fique inebriado pelo seu perfume se ela o tiver. A rosa tem uma histórico de existência  milenar, diz-se  que a primeira Rosa cresceu nos jardins Asiáticos, talvez uns 5000 anos   antes de Cristo. Na Mitologia Grega encontramos a rosa com um simbolismo bastante forte, lendas que envolvem os deuses da antiga Grécia mencionam a referida flor.
Na voz do cancioneiro, nos versos de um poema, nas mãos de um apaixonado encontramos com certeza lugar para uma rosa. Ela esta nos cartões de felicitações, esta em destaque em vasos decorativos, arranjos de noivas, decorações de festas e claro e sem esquecer ornando os altares em honra a Santíssima Virgem Maria(ela a rainha das flores, a mais bela do jardim do SENHOR).
A flor simboliza não só a beleza da criação, mas também o fim, a queda , a morte.:”Toda a carne é feno e toda a sua glória é como a flor do campo.Secou-se o feno e caiu a flor, porque o sopro do Senhor passou sobre ele.Verdadeiramente, o povo é feno;  secou-se o feno e caiu a flor; mas a palavra de Nosso  Senhor permanece para sempre”(Isaias 40,6-8).



A  Rainha das Flores:  A Rosa.



O simbolismo da flor aplicado a Maria Santíssima, é sugerido por  um versículo do livro do profeta Isaías(Is 11, 1) “ E sairá uma vara do tronco de Jessé e uma flor brotara de sua raiz”. A flor de Jessé seria descendente do rei Davi, Maria. É por essa flor que recebemos o fruto bendito de Maria, Jesus Cristo. Dentro do jardim do criador, a rosa é a rainha por excelência e a Virgem Maria é rainha  por benevolência de DEUS.

As três espadas e as três  Rosas: Vermelha, Amarela e Branca.

 Foi em Montechiari- Fontanelle, Itália setentrional, nas imediações do Castelo de Maria com a antiga Igreja de São Pancrácio, perto do  Hospital da cidade, onde trabalhava a jovem enfermeira Pierina Gilli. Estava Pierina, em seus afazeres profissionais,  no quarto do hospital, quando lhe apareceu a Santíssima Virgem Maria. Era a primavera do ano de 1947.
Era uma senhora de rara beleza, trajava um vestido roxo, e na cabeça lhe caia um belíssimo véu, seu semblante era terno porem triste, percebia-se que de seus olhos, brotavam lagrimas e em tanta quantidade que lhe escorria pela face. Trazia no peito fincadas, três grandes espadas,e apontando para elas disse a Pierina:” ORACÃO, SACRIFÍCIO,PENITENCIA”, depois calou-se e desapareceu.
Segunda aparição: Era o dia 13 de julho de 1947, mais uma vez estando Pierina em seus afazeres, lhe aparece novamente a Santíssima Virgem, agora numa sala do Hospital.Era domingo, agora ela vem vestida de branco e no peito no lugar das espadas, mostrou-lhe três rosas: Uma branca, uma vermelha e uma amarela. A Virgem lhe sorri e Pierina pergunta:”-Dizei-me, por favor, quem sois vós?
-“SOU A MÃE DE JESUS E DE TODOS VÓS”,  e acrescentou:” Desejo que o dia 13 de Julho seja festejado em honra da ROSA MISTICA”. E disse mais:” O Senhor envia-me para promover essa devoção em favor dos Sacerdotes, religiosas, religiosos, Institutos de vida consagrada, congregações etc.A todos que me honrarem com esse título prometo minha eficaz proteção, o crescimento das vocações, a diminuição da apostasia no mundo, e a especial proteção aos ministros do SENHOR. Recomendo que  todo  dia treze de cada mês seja a mim consagrado.Nesse dia prometo derramar bênçãos especiais do céu em favor das santas vocações, a todos aqueles que me honrarem.E desejo do SENHOR e da Santíssima Virgem que os religiosos e religiosas, consagrados e consagradas voltem-se para o espírito que moveu os fundadores(as).
A Santíssima Virgem apareceu mais quatro vezes, na penúltima no  dia 22 de novembro de 1947, e nesse dia  ela apareceu na Igreja Paroquial e avisou que:”... no dia 08 de dezembro ao meio dia, será a hora da graça”. -“Desci a esse lugar sagrado, onde acontecerão grandes coisas”.
Sexta aparição, dia 07  de dezembro de 1947, a Santíssima Virgem apareceu cercada das crianças Jacinta e Francisco(Videntes de Fátima), era véspera da Solenidade da Imaculada Conceição,  Nossa Senhora manifesta o desejo de que todos os Institutos, Congregações, Ordens religiosas, masculinas e femininas se consagrem ao seu Imaculado Coração, e que propaguem a devoção a Rosa Mística.
Pierina pergunta sobre as crianças e a Santíssima Virgem apresenta os dois como exemplos de vida, santidade, mortificação, bondade e simplicidade. Eles serão para ti, disse a Virgem, teus protetores.
Sétima aparição, dia 08 de dezembro de 1947, Eis a Santíssima Virgem, bela no alto de  uma escada toda enfeitada de rosas, nas cores brancas, amarelas e vermelhas.Esboça um lindo sorriso e diz:”EU SOU A IMACULADA CONCEIÇÂO”., desceu alguns degraus e novamente falou:”Sou a Mãe da graça, Mãe do meu divino filho, Jesus Cristo... aqui em Montechiari quero ser chamada de ROSA MISTICA... desejo que todos os anos, no dia 08 de dezembro, tenha lugar, ao meio dia, a hora da graça universal, com que se hão de obter numerosos favores para o corpo e para a alma....o Senhor e meu Divino filho, concederá grande misericórdia, contanto que os bons não deixem de orar pelos seus irmãos pecadores.Comunicai ao Papa Pio XII, a hora da graça e que se difunda em toda a terra.Quem não puder ir a Igreja, que faça suas orações em casa ou onde estiver.
“DENTRO de pouco há de  o mundo conhecer a grandeza desta hora santa.”
Pierina contempla o Coração da   Santíssima Virgem, radiante,
 e ouve a seguinte queixa:-“Eis o coração que tanto ama os homens , mas  da maior parte deles e pago com ultrajes”. Eis que lentamente a Virgem vai desaparecendo, deixando um raio de luz, de bênçãos e graças derramadas.
Muitas curas foram confirmadas em toda a região de Montechiari, e logo chegaram ao conhecimento da Igreja  Romana, que nada encontrou em desfavorável. Hoje, ainda, muitas e graças e bênçãos são derramadas todo  dia 13 de cada mês, em especial o dia 13 de julho, que é o dia da ROSA MISTICA, e no dia 08 de dezembro, que e a hora da graça, em Montechiari e em todos os lugares onde se propaga a  devoção a Nossa Senhora Rosa Mística.
Que a Santíssima Virgem, Rosa mística, nos defenda de todos os perigos do corpo e da alma, e nos conduza ao seu filho JESUS CRISTO. 
Paz e Bem.










Nenhum comentário: