sábado, 7 de março de 2009

São Domingos Sávio



SÃO DOMINGOS SÁVIO



“Antes morrer do que pecar”
“Procureis o que é agradável ao Senhor e não participeis nas obras estéreis das trevas, pelo contrário, condenai-as abertamente. “(Ef.5,10-11).

O Pequeno Domingos Sávio nasceu aos 2 de abril de 1842 numa aldeia perto de Turin.
Filho do ferreiro Carlos Sávio e da Dona Brígida, que apesar da extrema pobreza, viviam num ambiente familiar de amor, fé e alegria.
Domingos era uma criança especial e sempre surpreendia seus pais com gestos de afeto, palavras de encorajamento e edificação
No ano de 1847, os Sávio partem para um lugar, chamado Murialdo, D. Brígida trabalhava como costureira, além de cuidar dos afazeres domésticos, e Seu Carlos Sávio, além de ferreiro, trabalhava no campo.
O Capelão de Murialdo era o Padre João Zucca, Sacerdote Santo e piedoso que logo percebeu no pequeno Domingos Sávio um perfume de Santidade.
Numa fria manhã de inverno, por volta das 5 horas. Padre João ao abrir a Igreja para a primeira missa , encontra o pequeno Domingos, envolto em agasalhos, na escadaria aguardando a missa, tinha apenas 5 anos de idade.
Daquele dia em diante Domingos Sávio começou a servir nas missas como coroinha.
No ano de 1848, Domingos começa a frequentar o 1° ano primário e por sorte seu professor era o Padre João Zucca.
Era comum naquela época que as crianças recebessem a 1ª comunhão aos 12 anos, porém, Padre João Zucca , conversando com alguns sacerdotes dos povoados vizinhos e de comum acordo quiseram conhecer Domingos que estava com 7 anos e testar seus conhecimentos e virtudes.
Todos os sacerdotes foram unânimes em aprovar nosso Santinho, e no dia 08 de abril de 1849, festa da Páscoa, recebeu Jesus na Eucaristia.
Ao chegar em casa, escreve seu tratado de vida:

“Lambranças da minha 1° Comunhão.”

01. Confessar-me-ei com muita frequência e farei a comunhão todas as vezes que o confessor permitir.
02. Quero santificar os Dias Santos.
03. Meus amigos serão Jesus e Maria.
04. Antes morrer que pecar


Para continuar seus estudos, Domingos deveria ir e vir a Castelnuovo que distava cerca de 5 km de sua casa, perfazendo, assim, 10 km diários. Apesar de sua aparência frágil e de sua estatura franzina, suportava frio, chuva e calor com paciência e amor.
Certo dia um camponês que diariamente o via passar a pé perguntou-lhe:
-Você não tem medo de andar sozinho por estes caminhos:
-Nunca estou só, meu anjo da guarda me acompanha! Respondeu Domingos.
O camponês, surpreso acrescentou:
-Vai se cansar, com este calor!
-Não, não me canso porque trabalho para um patrão que me paga muito bem!
-Para quem trabalhas? Quem é teu patrão?
- Nosso Senhor, que paga até um copo de água dado por seu amor!

A família Sávio decidiu retornar para Mondônio, lá havia escolas e Domingos não precisaria caminhar tanto.
No Colégio conheceu Pe. Cagliero, que era seu professor e logo percebeu em Domingos uma grande bondade.
Ainda neste colégio, Domingos, foi injustamente acusado de uma grave falta que seus colegas cometeram. Ele porém calou-se! Foi repreendido publicamente mesmo sendo inocente.
O Pe. Cagliero era amigo e conterraneo de Dom Bosco, e pensou que a seu lado Domingos Savio receberia uma excelente formação.
No dia 2 de outubro de 1854, aconteceu o primeiro encontro, em Castelnuevo, na frente da casa do irmão de Dom Bosco.
Domingos Sávio perguntou à Dom Bosco:
-Leva-me a Turim para estudar?
-É, parace que temos ái uma boa fazenda! Respondeu Dom Bosco.
-E para que pode servir essa fazenda? Perguntou Domingos Savio
-Para fazer uma roupa e dá-la de presente
a Nosso Senhor.
-Então eu sou a fazenda e o Senhor é o alfaiate, leve-me e faça de mim uma bela roupa.

Sendo assim, no dia 29 de outrubro de 1854, Domingos fez um pacote com livros e roupas e tambem com algumas guloseimas que sua mãe preparou para a viagem. A separação foi penosa, porém decisiva.
Domingos cheio de encanto, apesar da separação da familia, encontrou um lar, o pai Dom Bosco e a Dona Margarida mãe de Dom Bosco, e mais 115 irmãos que corriam, jogavam, estudavam, aprendiam algum oficio e rezavam.
Dom Bosco, a cada instante, se surpreendia com seu aluno Domingos!
Domingos dizia: “Os olhos são a janela da alma. Pela janela passa o que se deixa passar. Por ela podemos deixar passar um anjo ou um demonio, e fazer com que um deles se torne dono do nosso coração” e assim Domingos dava exemplos e lições de vida, com o tempo conquistou a todos, até que em fevereiro de 1857, durante um rigoroso inverno, foi acometido de uma tosse gravissima e a conselho de Dom Bosco, voltou para casa de seus pais para um bom tratamento.
Domingos, ao se despedir de Dom Bosco disse:
-Eu não volto mais... Em seguida pede a Dom Bosco perdão e este assim respodeu:
-Garanto-lhe em nome de Deus que seus pecados foram todos perdoados.
Domingos beija a mão do pai Dom Bosco e parte para sua casa, a dor da partirda dilacera o coração do mestre e seus colegas.
Ao chegar em casa recebe o amor e a afeição de seus pais e irmãos, todos fazem festa com a sua volta, seu estado de saúde se agrava e são obrigados a chamar o médico.
Por alguns dias o médico acompanhou o sofirmento do jovem Domingos, porem seus estado piorava e ele se mantinha sereno, apesar das dores.
Em tudo daca graças a Deus e tudo ofericia por amor a Jesus.
Em 9 de março de 1857, Domingos nascia uma segunda vez diretamente para o céu, estava com 15 anos e no dia 12 de junho de 1954 Pio XII o eleva a honra dos altares.
São Domingos Sávio viveu o ideal da santidade, deixando o exemplo para todos os jovens idependente seu tempo.

Oremos

Ó amável São Domingos Sávio, que em vossa breve vida, fostes admiravel exemplo de virtudes cristãs, ensinai-no a amar Jesus com vosso fervor, à Virgem Santa com vossa pureza às almas com vosso zelo; fazei ainda que imitando-vos no proposito de tornarmo-nos santos, saibamos como vós preferir a morte ao pecado, para poder-vos encontrar na eterna felicidade do céu.

12 comentários:

JOÃO disse...

São d
Domingos Sávio é um exemplo para todos os jovens do mundo.ser santo é possivel quando desejamos isso com nosso coração e alma.

Mario disse...

Eu sou Prof. de Coroinha e tenho São Domingos Sávio como meu exemplo. Este é um verdadeiro santo, na qual muitos jovens devem te-lo como exemplo. Ele que viveu toda a sua vida para Cristo.


"Antes morrer do que pecar"

izael disse...

Izael disse...
São Domingos Sávio, quanto amor, quanto zêlo, que exemplo de ser humano, Glória a Deus! São Domingos ajude-nos a ter coragem e sabedoria para anunciar este Jesus Mestre dos Mestres, com o mesmo fervor com o qual tu o anunciavas, Amém!

marcia disse...

são domingos sávio rogai por nós!

SÁVIO disse...

Quero honrar o nome Domingos Sávio.
São Domingos Sávio - rogai por nós

Victor Corumba disse...

Ontem foi o batizado da minha filha a pequena lorena'
E o padre nos pediu que pesquisarsemos sobre o sao domingos de savio e neste momento estou impressionado pela historia de santo.

taylan disse...

Seria bom se os jovens de hoje tivessem este Santo como exemplo.
Vanuza Pereira Mota Barrocas Bahia.

Domingos Sávio Costa disse...

Tenho nome de Santo não acredito: Me chamo Domingos Sávio. Me sinto honrado por minha mãe me dar este mone. Lindo... obrigado meu Deus

Jéssica akira maciel disse...

Sempre desde os 8 anos quando começei minha caminhada tenho ele como exemplo e admiração e pela primeira vez vou poder expressar isso. Eu escohi e Estou escrevendo uma Adaptação sobre a vida de São Domingos Sávio para apresentar ao Orfanato das Irmãs Salesianas esse ano com a PJ para as Crianças de uma forma que vão tambem se apaixonar por esse Santo Lindo da nossa Mãe Igreja, abraços e obrigada por esse texto maravilhoso!!!

MONICA JESUS BETO disse...

Linda a história desse santo. Ganhei uma imagem dele e assim busquei saber sua história de vida e fé. Que ele rogue por nós. Amém.

Filipa disse...

Vai ser o meu Santo protector em 2014, que honra.

Jamille Brito disse...

Sao Domingos Sávio !

Desde ja agradeco à você o exemplo de Santidade que gostaria de seguir.

Sou uma pecadora, atenta a nao cometer os mesmo erros e peco a Deus que me perdoe sempre.

Abencoa-nos Ó Santo Domingos Sávio. A mim, a minha familia e a todos que lerem esta mensagem.

Neste ano de 2014, eu entrego a minha vida a Jesus e à voce os meus planos de se tornar mae.

Gracas ao querido Pe.Joao Carlos antigo diretor do Colegio Dom Bosco eu conheci a sua historia

Amém