domingo, 8 de junho de 2008

O Senhora do Santíssimo Sacramento


“Ó Senhora do Santíssimo Sacramento”.

Falar-te ao coração, é falar com o coração de filho ao coração de sua mãe!
Ouso chamar-te de Mãe, pois o faço com a autorização, ou mais, cumprindo uma determinação de teu filho Jesus, quando do alto da cruz te entregou á João Evangelista dizendo: “Eis aí tua Mãe”; e a ti disse ele: “Eis aí teu filho”!
Sabemos Mãe que tal recomendação é para todos, em todo o tempo, e que grande alegria podermos chamar de Mãe a Mãe de nosso Senhor, aquela que o próprio Deus constituiu medianeira e dispensadora de Suas graças.
Ó Mãe Maria, sou todo teu pois sou todo de teu filho Jesus, e se Ele quis se dar a nós por teu intermédio, como não nos daremos inteiramente a Ele por vosso intermédio. –É claro que sim, Mãe Maria!
Fostes vós que destes a Jesus a forma humana; destes a tua carne e o teu sangue, aquela mesma carne e aquele mesmo sangue que ele próprio nos deixou na santa eucaristia És, então, ó Maria! -A Senhora do Santíssimo Sacramento!
Fostes vós, também, ó Santíssima Virgem, o primeiro Sacrário de Jesus na Terra. O teu ventre virginal se tornou o paraíso do novo Adão, Jesus. Em ti estava encerrada a plenitude da Santíssima Trindade. –O Senhor Deus era o vosso Pai, o Senhor Jesus, vosso Filho, e o Espírito Santo, o vosso divino esposo.
Ao partir para a casa de tua prima Isabel, ó Santíssima Virgem; sem saber realizavas a primeira procissão de Corpus Christi; eras um ostensório de rara beleza, pois as pedras preciosas de todas as virtudes te cobriam, e a corte celeste com reverência te acompanhava com cânticos e louvores.
Ó Maria a Santíssima, minha Mãe, como devemos nos encantar! A tua gravidez foi a comunhão mais longa e mais perfeita da história, Adoravas o teu Senhor, que se formava, se nutria e se humanizava em ti; o divino se tornava humano para que o humano voltasse a ser Divino.
Ó Maria minha Mãe, em Belém, que significa “Casa do Pão”, destes à Luz o Filho de Deus e destes ao mundo à salvação tão esperada, tinhas diante de teus olhos o teu santo Menino, envolto em humildes panos, adormecido entre as palhas da manjedoura. Ao teu lado José, e como modelo de adoradores, adoravam o Senhor em silêncio e com infinito amor.
Mãe Maria, o teu sim foi um sim definitivo e participativo desde a anunciação até calvário, e lá entregastes entre dores, o teu Filho Jesus ao Pai, pela remissão do gênero humano.
Estavas no cenáculo, em oração com os apóstolos, implorando a vinda do Santo Espírito. Era nascimento da Santa Igreja, o corpo místico de Cristo, e Dela és Mãe orante e atuante; estavas no princípio e permanecerás, eternamente como Mãe!
Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, Mãe e modelo dos adoradores, rogai por nós.
Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, Mãe e modelo dos adoradores, rogai por nós.
Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, Mãe e modelo dos adoradores, rogai por nós.

Nenhum comentário: